Naturalândia
Olheiras: Tratamento caseiro

Postado por Auá Natural em 31/05/2018

O que são as olheiras?

A hiperpigmentação periorbital é uma hipercromia (manchas escuras que aparecem na pele), localizada na região periocular (ao redor de um olho ou de cada um deles). A terminologia “olheiras” não é um conceito formal, no entanto, é amplamente utilizado para indicar aumento da coloração nas áreas dos olhos. Essa alteração pode provocar importante impacto na qualidade de vida, ao produzir aparência de cansaço e envelhecimento.

 

 

Por que às olheiras aparecem?

O principal fator ligado ao surgimento das olheiras, está relacionado com a microcirculação sangüínea, em especial, nos casos em que há fragilização da rede capilar, ocorrendo a dissolução destes pequenos vasos e ocasionando quebra das células sanguíneas. Os eritrócitos, células sangüíneas que contêm grande quantidade de hemoglobina e ferro, ao serem dissolvidos (quebrados), liberam essas substâncias que, se não forem totalmente removidas, resultarão nas temíveis olheiras.

 

 

Causas da olheiras

Dentre os fatores causais das olheiras,  destacam-se: tabagismo, álcool, respiração bucal,  privação do sono, cansaço, uso de medicamentos vasodilatadores, colírios a base de análogos de prostaglandinas, quimioterápicos, antipsicóticos. O estresse físico e emocional tem sua influência: acentua a vasodilatação e a produção de melanina, destacando as olheiras. A prevalência é semelhante entre os sexos, porém, é notável a maior queixa nas mulheres de cor morena, devido a fatores anatomofisiológicos e genéticos. A coloração das olheiras pode variar de acordo com o tipo de substância depositada na pele. Assim, observa-se uma coloração violeta-esverdeada, quando há excesso de biliverdina; marrom-alaranjad,a se resultante da deposição de ferro e bilirrubina; e ainda de tonalidade violeta, quando houver muita hemossiderina.

 

Como prevenir manchas na pele?

O melhor a se fazer em relação a manchas na pele, sem dúvida, é a prevenção e este está diretamente ligado a um gesto muito simples: proteger a pele do sol. O ideal é utilizar um creme com Fator de Proteção Solar (FPS) superior a 20 durante todo o ano. Este cuidado deve ser levado a todas as zonas do corpo, até mesmo as esquecidas, como o pescoço, decote e mãos. As manchas uma vez instaladas na pele, podem ser alvo de várias abordagens, como os cremes despigmentantes que permitem atenuar o problema. A sua aplicação deve ser diária e realizada à noite, uma vez que sensibiliza a pele aos raios solares.

 

 

Como combater as olheiras naturalmente?

Uma maneira de amenizar as olheiras está na drenagem linfática na área dos olhos, que ajuda a melhorar a microcirculação do local, reduzindo o inchaço e as manchas arroxeadas. Porém, estas técnicas só devem ser feitas em clínicas estéticas ou dermatológicas. Então, uma opção natural são as máscaras de argila, que ajudam a alcançar resultados bem parecidos.

A máscara de argila, quando seca na pele, acaba pressionando a região levemente, o que melhora a circulação local e reduz o inchaço. Além disso, a argila desintoxica a região e clareia a pele, o que é excelente. Apesar de não substituir a drenagem, ela é uma ótima opção e totalmente natural.

 

Receitas caseiras para combater as olheiras (modo de uso).

Máscara de Argila

A máscara de argila pode ser aplicada semanalmente e é possível utilizar argila de qualquer cor. A utilização da máscara leva a melhoria das olheiras e também a pele como um todo.

Modo de uso:

2 colheres de argila branca Auá

1 colher (chá) de óleo vegetal

Água suficiente para formar um creme consistente. Aplique no rosto limpo e seco.

 

 

Compressa de Chá Verde

Os flavonoides presentes no chá verde melhoram o fluxo sanguíneo, ajudando na microcirculação, o que facilita o transporte de oxigênio e nutrientes para a pele. Isso promove aumento de elasticidade e diminuição da rugosidade, além de proporcionar uma melhora no teor da umidade da pele e auxiliando na redução de olheiras.

Modo de uso:

100 gramas de chá verde

Meio litro de água fervente

Misture os 2 ingredientes e abafe por cinco minutos. Deixe esfriar e depois guarde na geladeira. Molhe dois chumaços de algodão com o chá verde gelado e coloque-os sobre os olhos, deixando agir pelo período de 15 minutos.

 

 

Referências

ALVES, Iris Raquel da Costa; SILVA, Mayara de Oliveira; BARBOSA, Soraya Santos Alves. EFICÁCIA DOS ATIVOS FARMACOLÓGICOS E INTERVENÇÃO COM LIGTH EMITTING DIODES (LED) NO TRATAMENTO DA HIPERPIGMENTAÇÃO PERIORBITAL. 2016. 23 f. TCC (Graduação) – Curso de Fisioterapia, Departamento de Fisioterapia, Associação Caruaruense de Ensino Superior (asces), Caruarú, 2016.

OLIVEIRA, Glauber Alcântara; PAIVA, Andres Raimundo. Causas e tratamento da hipercromia periorbital. Revista da Faculdade de Ciências Médicas de Sorocaba, [s.l.], v. 18, n. 3, p.133-139, set. 2016. Portal de Revistas PUC SP. http://dx.doi.org/10.5327/z1984-4840201623330.

Compartilhe essa ideia: