Acorda
Liberte-se das químicas desnecessárias

Postado por Equipe Auá em 09/10/2018

Sabemos que na nossa vida cotidiana acabamos consumindo um número desnecessário de componentes químicos que não são necessários e podemos evita-las substituindo por produtos naturais. Mas se isso é possível por que a indústria ainda não fez isso? Vem aqui que a gente te explica!

 

A química nos cerca e está presente em tudo ao nosso redor. Desde o ar que respiramos aos produtos que usamos no nosso dia-a-dia. Muitas vezes acreditamos que tudo o que é químico é ruim ou danoso, mas diversas substâncias químicas são extremamente importantes até para nossa existência.

Dentro dos nossos cosméticos , podemos encontrar diversos ingredientes sintéticos que em muitas vezes poderiam ser retirados de suas formulações ou até mesmo substituídos.

 

Quais químicas são utilizadas nos cosméticos tradicionais e não são necessários?

 

Encontramos em nossos cosméticos ingredientes sintéticos como Lauril Eter Sulfato de Sodio em altas concentrações, podendo chegar até 40% do produto, por exemplo em xampus. Este por sua vez lava os cabelos de forma agressiva, removendo as sujidades mas também a oleosidade natural dos cabelos, podendo causar até mesmo alergias.

 

Um outro componente , é a Cocoamidopropilbetaina e da Dietanolamida, que juntos são encontrados em cerca de 10% da formulação do produto, ou seja, 50% em média de um xampu é composto por tensoativos agressivos, que podem causar alergias e até mesmo podem dar origem a nitratos e liberar formaldeído gerando as nitrosaminas, consideradas substâncias cancerígenas.

 

Toda essa quantidade de tensoativo poderia ser sem dúvida reduzida e muito ou também serem totalmente removidas e substituídas.  Por exemplo por um único tensoativo de origem vegetal já existente no mercado, sendo estes mais suaves e que limpam de forma delicada. Além disso, são compostos biodegradáveis ( Como o seu produto pode interferir no meio ambiente ? Clique aqui )

 

 Por que a indústria de cosméticos ainda trabalham com esses componentes?

 

O custo da substituição de ativos sintéticos por naturais costuma muitas vezes ser mais elevado.

Por exemplo,  ao substituir um componente sintético, muitas vezes é preciso utilizar uma mistura de outros de origem natural para atingir a mesma performance. Além disso,  são necessários novos testes para que a nova formulação possua uma boa estabilidade e possa ser vendido no mercado.

Assim, muitas indústrias optam por permanecer com o uso dos sintéticos a fim de não assumirem novos riscos, testes e até mesmo elevar o custo do seu produto final.

 

 

Quais ativos naturais podem substituir esses componentes químicos?

 

Focando apenas nos citados acima, é possível sim substituir todos estes por ingredientes naturais, biodegradáveis e que trariam muito mais benefícios a nossa pele e cabelos sem trazer prejuízos a nossa saúde e ao meio ambiente.

O óleo mineral, um ingrediente de origem do petróleo muito utilizados em loções, cremes e etc., poderia ser facilmente substituído por óleos vegetais trazendo inúmeros benefícios a pele, como vitaminas e ácidos graxos como ômega 3 , 6 e 9.

Os conservantes, como parabenos e as isotiazolinonas, que ainda não existem comprovações mas que já foram citados por terem causado algumas alergias dentre outros efeitos adversos, poderiam ser substituídos por óleos essenciais, que possuem naturalmente ação bactericida e fungicida, dependendo do produto a ser utilizado.

Os espessantes como Laurilpoliglicosideo e outros, poderiam ser substituídos por espessantes naturais como goma xantana, celusose entre outros.

Já os corantes, muito conhecidos por causarem irritações na pele e alergias, é possível simplesmente não utilizá-los, deixado o produto em sua cor natural ou caso seja imprescindível o uso utilizar corantes de origem natural como a clorofila, betacarotenos, dentre outros de origem vegetal.

 

 


Por que usar cosméticos naturais? Falar da Auá

 

Usar cosméticos naturais vai além dos benefícios trazidos pelos ativos que compõem estes produtos, pois ao fazer esta escolha você não está apenas adquirindo um produto de origem vegetal, mas algo feito com todo cuidado, composto por ingredientes selecionados uma a um e ainda por cima pensando no seu bem estar e no meio ambiente.

Convidamos você a conhecer a nossa linha de cosméticos AUÁ . Seguimos exatamente este contexto, onde todos os produtos são formulados buscando obter cosméticos com ingredientes naturais de origem orgânica, contendo apenas ativos importantes para o cuidado da pele, seguindo o conceito de sustentabilidade com certificados e totalmente de origem vegetal. Vamos juntos?

 

 

 

Referências

GOMES, Junia GuimarÃes Carvalho Cardoso. ESTUDOS DE PRÉ-FORMULAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE PREPARAÇÕES COSMÉTICAS. 2011. 62 f. TCC (Graduação) – Curso de Farmácia, Universidade Estadual Paulista “jÚlio de Mesquita Filho”, Araraquara, 2011.

BOAVENTURA, Gustavo. O problema com os parabenos. 2008.

PARENTE, Leila Maria Leal et al. Câncer de mama e cosméticos. Arte Médica Ampliada, Goiás, v. 35, n. 1, p.20-23, jan. 2015.

Compartilhe essa ideia: