Naturalândia
Como utilizar aromaterapia para bebês

Postado por Equipe Auá em 01/08/2018

Aromaterapia é a arte e a ciência que visa promover a saúde e o bem-estar do corpo, da mente e das emoções, através do uso terapêutico do aroma natural das plantas por meio de seus óleos essenciais, que são substâncias complexas, voláteis e de fragrância variável, vindo de qualquer parte das plantas aromáticas.

Ao inalar os aromas, os canais olfativos enviam uma mensagem diretamente para o sistema límbico, a parte do sistema nervoso que é responsável pelas emoções. Em seguida, o cérebro reage às propriedades aromáticas dos óleos essenciais, modificando o humor ou o estado de espírito da pessoa que estará utilizando a aromaterapia. Desta forma, é possível que uma pessoa triste ou desanimada fique um pouco mais alegre ou que alguém agressivo sinta-se calmo e relaxado ao sentir o cheiro de óleos específicos para esse estado mental.

A aromaterapia é uma excelente alternativa para complementar os cuidados com os bebes, por meio da utilização de óleos essenciais. Eles são utilizados para muitas finalidades como: Calmantes, analgésicos, antibacterianos, expectorantes, etc. Para os bebes, os óleos essenciais ajudam a acalmar, estimular e equilibrar o cérebro das crianças, ajudando no avanço e desenvolvimento.


São poucos os aromaterápicos que podem ser usados nos pequeninos, por exemplo, camomila romana, neroli (flor de laranjeira) e lavanda. O uso da aromaterapia para bebês deve ser feito com cautela, pois as defesas imunológicas contra doenças respiratórias e alergias estão em desenvolvimento. A pele e o olfato antes dos 6 anos de idade costumam ser muito sensíveis, dessa forma o ideal é buscar orientação de um profissional, naturólogo ou aromaterapeuta. O uso interno de óleos

Os óleos essenciais podem ser aplicado de diversas formas para os bebes. Pode ser utilizados como aromatizadores de ambientes em difusores, em banhos de imersão, em banhos de chuveiro e em massagens, nesse caso utilizar poucas gotas dissolvidas em óleos carreadores como semente de uva e amêndoas.

Febre: Utilize duas gotas de óleo essencial de camomila(link) misturadas a três colheres de vinagre, com um copo de 200ml de água morna. Molhe um pano macio e limpo com esta mistura e aplique nos pés do bebê por cinco minutos. Molhe novamente e deixe por mais cinco minutos.

Sono: O óleo de lavanda é capaz de acalmar, relaxar, controlar a ansiedade e ajudar na chegada do sono.

Dicas:

– 4 gotas de óleo de lavanda (link) na água da banheira morna, uns minutinhos antes do banho.

– 1 gota de óleo de alfazema(link) na roupa de cama do bebê 1 hora antes colocá-lo para dormir

– 2 gotas de óleo de lavanda no difusor elétrico do quarto do bebê no momento de amamentar e antes de dormir.

Stress: Pingue 2 gotas de óleo essencial de lavanda ou óleo essencial de camomila em um difusor e deixe aromatizar o ambiente. Estes óleos tem o poder de deixar o bebe mais calmo e tranquilo.

Referências

ANDREI, Patrícia; COMUNE, Aparecida Peres del. Aromaterapia e suas aplicações. Centro Universitário S. Camilo, São Paulo, v. 11, n. 4, p.57-58, dez. 2015.

GONZALES, Ananda. AROMATERAPIA PARA BEBÊS. 2017. Disponível em: <http://lillo.com.br/bebe/cuidados-com-o-bebe/aromaterapia-para-bebes/>. Acesso em: 02 jul. 2018.

Compartilhe essa ideia: