Naturalândia
Argilas para o cabelo, SIM!

Postado por Equipe Auá em 26/04/2018

Como já falamos por aqui, as argilas são comumente definidas como material natural, terroso, de granulação fina, que quando umedecida na água, apresenta certa plasticidade e suas minúsculas partículas é que contribuem para seu grande poder de absorção. É um material natural, composto por partículas de silicato de alumínio, além de diversos oligoelementos como o Titânio, Magnésio, Cobre, Zinco, Alumínio, Cálcio, Potássio, Níquel, Manganês, Lítio, Sódio e Ferro.

 

– Argila no tratamento capilar

Os cuidados com os cabelos são uma preocupação constante tanto para o homem como para a mulher. Hoje os cabelos podem indicar diversas características, como um estilo clássico ou radical, o estado de saúde, o nível de cuidados pessoais e a autoestima de cada um.

Em tratamentos capilares, utiliza-se a argila para tratar o couro cabeludo com seborreia, caspa e dermatites seborreicas. O estímulo provocado pela argila no couro cabeludo é capaz de produzir efeitos de mobilização, removendo os resíduos externos sobre a pele, resíduos de glândulas sudoríparas e sebáceas, além de aumentar a nutrição tópica e, consequentemente, a resistência a agentes causadores de doenças. Quando a argila é aplicada no couro cabeludo, ela proporciona uma espécie de peeling capilar, removendo as células mortas, liberando as toxinas do organismo, ativando a circulação e absorvendo as impurezas e resíduos.

 

– Argila como shampoo antirresíduos

Sim, é possível usar as argilas como shampoo antirresíduos, funcionando como um detox capilar. Ela atua limpando profundamente o couro cabeludo, reduzindo a oleosidade excessiva. Com isso é possível melhorar a saúde dos cabelos.

O ideal é preparar uma pasta (não muito concentrada, para facilitar a aplicação) com a argila, misturando-a com ingredientes naturais e que auxiliam no tratamento dos cabelos como água de coco, chá de ervas, entre outros. Aplicá-la no couro cabeludo (pode usar um pincel para facilitar), massageando suavemente e deixando agir por 10 a 20 minutos. Em seguida, lave com água e seu shampoo usual, finalizando com seu condicionador.

 

Modo de usar

Para o tratamento da Caspa

  • 1 colher de sobremesa de argila branca
  • 3 gotas de Óleo Essencial de Lavanda (Lavandula officinalis)
  • 3 gotas de Óleo Essencial de Tea Tree (Melaleuca alternifolia)
  • 3 gotas de Óleo Essencial de Patchouli (Pogostemon patchouli)
  • 10 ml de shampoo neutro

 

Preparo

 

Diluir os óleos no shampoo e misturar a argila em seguida. Aplicar nos cabelos úmidos e massagear o couro cabeludo por aproximadamente 10 minutos. Enxaguar e aplicar uma quantidade de 10ml de máscara capilar hidratante com 10 gotas de óleo essencial de Lavanda (Lavandula officinalis) e deixar agir por 20 minutos. Pode ser usado até 3 vezes por semana.

 

 

Tratamento para Dermatite Seborreica

  • 4 colheres de sopa de argila verde
  • 40 ml de água mineral sem gás ou água purificada
  • 2 gotas de Óleo Essencial de Bergamota (Citrus aurantium sub.  Esp. Bergamia)
  • 2 gotas de Óleo Essencial de Alecrim (Rosmarinus officinalis)
  • 3 gotas de Óleo Essencial de Sálvia (Salvia sclarea)
  • 5 ml de shampoo neutro

 

Preparo

 

Misturar a argila verde com a água, adicionar os óleos ao shampoo neutro e depois misturar tudo. Aplicar no couro cabeludo (seco), dividindo o cabelo em mechas. Deixar agir por 20 minutos. Se quiser potencializar o produto, usar uma touca de alumínio. Remover fazendo uma leve esfoliação. Hidratar as pontas dos cabelos com uma máscara capilar hidratante. Aplicar de 1 a 2 vezes por semana. Obs.: Nos primeiros dias de tratamento pode ocorrer ressecamento nos cabelos.

 

 

-Tipos de argilas

Para o tratamento capilar destacam-se como as argilas mais utilizadas a verde, branca e rosa. A argila verde, a mais tradicional das argilas e também chamada de montmorilonita, possui ação adstringente, cicatrizante e oxigenante. Indicada para as pele oleosas, pois promove a desintoxicação e regula a produção sebácea. (Saiba mais sobre cosméticos naturais AQUI

A argila branca possui pH muito próximo da pele, e seus principais benefícios são absorver oleosidade sem desidratar, suavizar, cicatrizar e catalisar reações metabólicas do organismo. A argila branca é o tipo de argila mais utilizado para fins estéticos, sendo a mais leve de todas as argilas e pode ser utilizada pura ou com argilas verdes e vermelhas suavizando o seu efeito.

A argila rosa é a mistura da argila branca com a argila vermelha. De efeito antisséptico, adstringente, cicatrizante e suavizante. Para reduzir a oleosidade, esfoliar, renovar e fortalecer o couro cabeludo a argila pode ser usada como máscara ou compressas.

 

Agora que você já conhece mais esses benefícios das argilas, que tal compartilhar as informações?

 

Cadastre-se AQUI. Garanta sua prioridade na compra das ARGILAS ESPECIAIS da AUÁ. 

 

 

Referências

AMORIM, Monthana Imai de; PIAZZA, Fátima Cecília Poleto. USO DAS ARGILAS NA ESTÉTICA FACIAL E CORPORAL.2010. Disponível em: <http://siaibib01.univali.br/pdf/monthana imai de amorim.pdf>. Acesso em: 03 abr. 2018.

LIMAS, Jaqueline Rosa de; DUARTE, Rosimeri; MOSER, Denise Krüger. A ARGILOTERAPIA: UMA NOVA ALTERNATIVA PARA TRATAMENTOS CONTRA SEBORREIA, DERMATITE SEBORREICA E CASPA. Disponível em: <http://siaibib01.univali.br/pdf/Jaqueline Rosa de Limas e Rosimeri Duarte.pdf>. Acesso em: 02 abr. 2018.

Compartilhe essa ideia: